36 replies on “Óleo de Canola – Será que é saudável mesmo?

  • Rodrigo Stadnik

    Olá, minha opinião sobre o assunto é totalmente a favor dessa matéria, conheço um médico cardiologista de Curitiba (Dr verde) que pratica a medicina moderna, e cabe tudo isso. Assim procuro fazer em casa eu e minha esposa, infelizmente meu pai ainda acredita muito nestas porcarias que a mídia coloca guela abaixo, e não consegue enxergar que quem comanda tais parâmetros como aumentar ou baixar níveis de colesterol é a indústria farmacêutica que visa lucro, pois qto mais pessoas doentes melhor. Na minha casa só se faz uso de gordura animal 🐷, tratado no sítio, sem ração industrial….. Sem falar no aroma, é sensacional….. Parabéns pelo artigo

  • Erika Dié

    Bom dia, Flávio. Achei muito rico este artigo. Já que falou sobre óleos, benefícios e malefícios, o que pode me dizer sobre o olé de semente de algodão,pois era muito usado por minha avó.

  • AndreiaPF

    Prezado Dr. Flávio,

    Há alguns anos venho seguindo o trabalho de médicos como o Dr. Mercola, o Dr. Mark Hyman e os pioneiros da dieta paleolítica, Drs. Loren Cordain e Mark Sisson. Vejo muitos pontos em comum entre o seu trabalho e o deles, inclusive a indicação do consumo de óleo de coco (apenas o extravirgem – o refinado, segundo eles e também pesquisas na NCBI, faz mal). Também seguindo o conselho deles, comprei um balde de óleo de palma, produzido pela única empresa brasileira que o comercializa em grande escala, a Agropalma, responsável por grande parte da exportação brasileira do produto. Segundo o site do fabricante, o produto é feito por prensagem a frio e o refino utiliza apenas filtragem por terra e ácido cítrico, sem o uso de solventes. No entanto, antes mesmo de o produto chegar, pesquisei mais sobre o BHT, um conservante presente no produto, e descobri que ele é um potente xenoestrógeno, levando a diferentes tipos de câncer endócrino, como de mama, tireóide e próstata. Assim, usei o produto apenas para fazer sabão. Minhas reservas ao óleo de palma se tornaram ainda maiores devido à descoberta recente de que vários tipos de ácido graxo, mas principalmente o ácido palmítico, presente no óleo de palma em grande quantidade e em menor quantidade no óleo de coco, promove metástases em em células de câncer por meio do receptor CD36. Segundo o estudo, a maioria dos outros tipos de óleo/gordura também produziu metástases, com exceção feita aos ácidos graxos ômega 3 (DHA). Por essas razões, parei de vez de usar o óleo de palma, pois mesmo rico em tocotrienois e antioxidantes, ele pode promover câncer/metástases via outros mecanismos. O óleo de coco ainda uso, pois a quantidade de ácido palmítico não é tão alta e os benefícios compensam, em muito, a presença dessa pequena quantidade.

  • Luana

    Boa tarde!

    Ouve-se muito dizer que a banha de porco, manteiga e o óleo de coco virgem aumentam consideravelmente os níveis de colesterol sanguíneo de pessoas com Hipercolesterolemia, essa informação procede?

  • Livia

    Obrigada pelas informações! Sou mãe de uma bebezinha de 6 meses, iniciando a alimentação. Pesquisei receitas de papinhas na internet e muitas usavam o óleo de canola e a pediatra é contra o óleo de côco. Aqui em casa sempre usei o óleo de coco, a manteiga e o azeite. Qual a melhor alternativa para as papinhas?

  • Maurício Nogueira

    Caro Flávio

    Poderia por gentileza expor para todos a sua formação acadêmica?

    Pois seu texto realmente impressiona, vc escreve muito bem…mas entra “discursa” com aparente propriedade e autoridade em diversas áreas (Quimica, bioquímica, medicina, agronomia e nutrição).

    Minha área é em agronomia e na parte que me cabe vc esta um pouco desinformado quanto ao processo de melhoramento genético da Colza, que originou a canola, utilizada atualmente. Não confunda melhoramento genético com as ferramentas de uso em engenharia genética como a transgenia, inserção de genes de outros seres vivos, etc; necessariamente não é a mesma coisa, pois pode se realizar um melhoramento genético de uma planta sem o uso destas ferramentas.

    Assim, por gentileza e para que seu blog ganhe mais credibilidade, insira sua formação acadêmica para dar mais respaldo aos seus textos e quando navegar por outra áreas insira as referências de outros autores ou co-autor de seus textos.

    Abraços
    Maurício

  • bianca avanza

    Olá Flavio! Adoro o seu programa Comer Bem Que Mal Tem ? E quando pesquisei sobre o oleo canola adorei achar vc por aqui tb! Sou sua fã !!!! Parabéns pelo seu trabalho e pelo carinho que vc dedica a alimentacão … vc me ajuda botar em pratica o que o DR Barakat diz . Viva a corrente do bem !!! Abracos

  • PLÍNIO MEDEIROS

    Boa tarde.
    É incrível como a corrupção está grasando por todos os segmentos da sociedade, infelizmente.
    Agora me vem essa notícia maléfica com relação aos óleos comestíveis, tão bem utilizados e consumidos por toda a população.
    É de doer.
    Mas esperamos que as autoridades sérias, se é que ainda exista, tomem as providências cabíveis.
    Um abraço e parabéns pelo excelente artigo.
    Plínio Medeiros

  • CARLOS ALBERTO VASQUES BARBOSA

    Flávio, boa tarde

    Estou escrevendo aqui por não ter achado uma outra forma de entrar em contato com você. Estou procurando um engenheiro em alimentos que consiga fazer com que a massa feita com a farinha de milho e polvilho azedo, não rachem. Se visitar o meu site cujo endereço encontra-se acima, poderá verificar que fabrico PASTÉIS DE MILHO, uma tradição de minha cidade natal, mas não estou conseguindo uma forma de comercializá-los em escala pelo problema acima exposto.
    Se possível, sua recomendação viria muito bem e melhor ainda seria se você prestasse este tipo de serviço.
    Aguardo se retorno, obrigado

    Carlos Alberto

  • Helena

    Flavio,
    Parabéns pelos artigos! Fiquei apenas na dúvida sobre a sua recomendação sobre o óleo de palma, já que o plantio da palma é considerado um dos maiores responsáveis por desmatamentos destrutivos dos tempos atuais. Ainda considerando um produto certificado como sustentável, fico na dúvida por conta da total falta de ética que é praxe na industria de alimentos…
    Grande abraço!

  • Patrícia Helena de Paula

    Flávio muito bom!! Pena que ontem comprei várias garrafas de óleo de canola pois estavam em promoção, sabe como é: “saudável”, inflação em alta, pesquisa de preços… kkkk
    Meu médico (um daqueles à moda antiga) em relação aos bons óleos já me disse a mesma coisa que você, inclusive sobre as inflamações que tenho muitas e do marketing dos alimentos. Não conversamos muito sobre as gorduras ruins, mas legal: vou ler seus artigos e indicar. Abraço!

    • Flavio Passos

      Oi Roberto,

      Canola é como xerox – um nome comercial que, de tanto ser usado, tornou-se o substantivo.

      Ainda assim, não ponho minha mão no fogo por nenhuma instituição governamental – os patrocinadores sempre interferem no conteúdo divulgado pelas instituições.

      Abraços!

  • gloria brasil

    olá sr flavio eu lhe vi por acaso em um canal de tv que não me lembro qual ,quero lhe dizer que me apaixonei ,o meu neto estava comigo, assistiu e gostou muito da maneira de o sr expor as coisas. O sr tem livro de receitas? onde achar dietas para mim que tenho só 7.8 kkk e me alimento mal, onde achar legumes saudaveis pois os do mercado não tem gosto me ajude a levar uma vida mais saudavel,bjsss (esiste algum alimento que possa substituir remedio pra pressão? os remedios são : lozartana potassica e higroton.Obrigada

Leave a Reply